quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

David Monette e sua fábrica de trompetes.

Quem nunca assistiu ao filme "A Fantástica Fábrica de Chocolates"?

Quem nunca sonhou em encontrar Willy Wonka e sentir na sua loucura mágica aquilo que faz com que seja possível saborear doces magníficos?

Ah... os doces...

Precisamos dos componentes químicos do açúcar, claro. Mas estes componentes químicos podem estar presentes em diversos alimentos. Então por que precisamos do doce? O doce é sempre algo ligado ao prazer e ao desejo. O doce alimenta a fome do espírito catártico do homem.

Comer por prazer…
Eis o ponto da discussão!

Eu tenho admiração por dois “Willy Wonkas” da nossa realidade. Pessoas dedicadas a fabricar produtos que cumprem impecavelmente com sua funcionalidade mas, alem disso, buscam explorar o prazer e o desejo de quem os consome (uma tendência atual, que resulta numa grande estratégia de marketing).

O primeiro é Steve Jobs, grande chefão da Apple Computers. Apesar de ter fama de chato e de sua firma não ser a mais popular dentre os defensores de um mundo mais verde, seus produtos são absolutamente funcionais e lindos. Seja pelo computador em si, seja pelo sistema operacional. Uma curiosidade é um termo muito usado para descrever certos aspectos do sistema operacional: “eye candy”. "Eye candy is something that is most remarkable for its visual appeal" - Wikipedia.

“Doce para os olhos”. Interessante analogia!

O outro é David Monette. Monette assina a marca mais cobiçada dentre todos os fabricantes de instrumentos de metal. Trombones, trompas, euphoniuns e até saxofones de outras marcas, por melhores que sejam, ainda habitam uma esfera inferior no “cosmo industrial” de instrumentos musicais.

Físico acústico, mestre de Yoga e fabricante de trompetes, David Monette produz os trompetes mais bem acabados, gostosos de se tocar e belos de se olhar.

Por estes produtos não se paga apenas por aquilo que eles deveriam fazer, por essência. Paga-se por aquilo que o produto proporciona durante o seu uso.

Logicamente, as duas coisas precisam estar andando juntas durante o processo de produção.

Muita gente pode pesquisar no Google e achar 1.000 discussões justificando inúmeras razões pelas quais se justifica a compra de um computador Apple. Mas me sinto no dever de divulgar e argumentar aqui sobre algumas razões que justificam cada centavo do investimento num trompete produzido por Dave Monette

Em 1999, eu pude conhecer Dave Monette, o Willy Wonka dos trompetes. Foi quando eu fui buscar meu trompete feito por ele:

Apresento aqui “A Fantástica Fábrica de Trompetes de Dave Monette”

Como um amante dos prazeres do espírito e bom comedor de chocolates, quero confessar aqui minha satisfação por poder tocar nestes 8 anos num magnífico trompete produzido por Dave Monette.

Bom, a real razão deste post veio da coceira que estou por esperar meu novo bocal que vai chegar pro Natal!!!

Que todos tenham um Natal apetitoso para o corpo e a alma!!!

5 comentários:

Anônimo disse...

Cara, meu sonho também é um dia me encontrar com David Monette e é claro coprar um trompete Monette. Mas não tenho todo o dinheiro que vale esta obra-prima que são os trompetes Monette.
Gostei desse post!!!

Anilson disse...

trompete monete e tudo;;que um trompetista sonha.....anilsonband@hotmail.com

Anônimo disse...

Seu comentário só reforça meu imenso desejo de ter um trompete monette. Gostaria de saber se de fato só se consegue por encomenda.
E sobre os diversos modelos, qual o mais adequado para orquestra evangélica? Finalmente, é fabricado na afinação Dó?

Abraços. Jac
aleanossa@hotmail.com

Anônimo disse...

esses trompetes monette sao monstro....
show de bola sou trompetista ainda nao tenho um monette mas sonho ter um

Anônimo disse...

Esses trompetes são incríveis !!! Espero um dia tocar um desse.